Porque os gênios dormem pouco?

Quantas horas dormem os gênios

Uma pesquisa mostra que alguns dos maiores gênios da História tinham que dormir pelo menos seis horas por dia. O autor americano Mason Currey pesquisou o dia a dia de trabalho de 161 mentes brilhantes, entre escritores, pintores, cineastas, filósofos e cientistas.

Porque gênios dormem pouco

Leonardo Da Vinci Durante o período do renascentismo, era comum o seguir o chamado ciclo polifásico do sono, em que noites de sono são substituídas por curtos cochilos de 30 minutos a cada seis ou quatro horas do dia. Assim como o colega inventor Thomas Edison, Da Vinci seguia o método de sono polifásico.

Quantas horas dormia o Einstein

10 a 12 horas
Albert Einstein dormia de 10 a 12 horas por dia e tinha vários intervalos de descanso ainda durante o trabalho!".

Quantas horas dormia Leonardo da Vinci

Como funciona o sono polifásico Existem diferentes tipos de sono polifásico. Da Vinci, por exemplo, dormia 20 minutos a cada quatro horas, explicam os seus biógrafos. Já Cristiano Ronaldo dorme de cinco a seis ciclos de 90 minutos por dia, todos muito bem cronometrados.

Que horas Bill Gates dorme

Dá uma olhada nesta lista e veja o quanto essas pessoas dormem: > Bill Gates, da Microsoft: 7h por noite, de 0h às 7h. > Tim Cook, da Apple: 7h por noite, das 21h30 às 4h30.

Quem dorme tarde tem QI alto

Em média, os indivíduos de QI alto caem no sono à 1h44 – uma hora mais tarde do que os burros. Essa é a conclusão de um estudo da Universidade de Londres, que analisou os hábitos de 20 mil pessoas. Segundo os cientistas, ficar acordado até tarde é um sinal de curiosidade e vitalidade intelectual.

Como o Einstein dormia

Durma bem, Einstein Segundo ele, o pai da relatividade fazia justamente o oposto: dormia no mínimo oito horas por dia, e considerava um bom sono imprescindível para se tornar uma máquina de sacadas na manhã seguinte. Volta e meia passava até dez horas na cama, bem mais do que as sete horas e meia do brasileiro médio.